Psychic suffering and psychodynamics in the nurse's work environment: An integrative review
HTML
HTML (Português (Brasil))
HTML (Español (España))
EPUB
EPUB (Español (España))
EPUB (Português (Brasil))

Supplementary Files

Figura 1: Seleção PRISMA (Português (Brasil))
Quadros 1 e 2 (Português (Brasil))

Keywords

Nursing
Worker's Health
Psychological Stress
Oncology Nursing
Work Psychodynamics. Enfermería
Salud del Trabajador
Estrés Psicológico
Enfermería Oncológica
Psicodinámica del Trabajo. Enfermagem
Saúde do Trabalhador
Estresse Psicológico
Enfermagem Oncológica
Psicodinâmica do Trabalho.

Abstract

Objective: To analyze scientific productions in order to identify the existence of pleasure and psychic suffering in the work environment of nurses and the relation with their emotional state. Method: An integrative literature review based on the search with the following keywords: Nurses, Work Psychodynamics and Psychic Suffering, in the LILACS, IBECS, BDENF, MEDLINE and SCIELO databases, including articles published between 2015 and 2019. Results: The 20 analyzed articles were positioned as favorable to the existence of pleasure and suffering in the Nursing work. Conclusion: The nurse's psychic suffering is a factor that interferes in their personal and professional life, and the debate about the mechanisms to confront the feeling of suffering in the work environment should become popular.
https://doi.org/10.17665/1676-4285.20206353
HTML
HTML (Português (Brasil))
HTML (Español (España))
EPUB
EPUB (Español (España))
EPUB (Português (Brasil))

References

Carvalho LSF, Matos RCS, Souza NVDO, Ferreira REDS. Motivos de afastamento por licença de saúde dos trabalhadores de enfermagem. Cienc Cuid Saude. [Internet]. 2010 [acesso em 25 ago 2019]; 9(1). Disponível em: https://doi.org/10.4025/cienccuidsaude.v9i1.10530

Griep RH, Rotenberg L, Landsbergis P, et al. Uso combinado de modelos de estresse no trabalho e a saúde auto-referida na enfermagem. Rev Saúde Pública. [Internet]. 2011 [acesso em 24 ago 2019]; 45(1). Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102011000100017

Botelho LLR, Cunha CCA, Macedo M. O método da revisão integrativa nos estudos organizacionais. Gestão e Sociedade. [Internet]. 2011 [acesso em 18 ago 2019]; 5(11). Disponível em: https://doi.org/10.21171/ges.v5i11.1220

Santos CMC, Pimenta CAM, Nobre MRC. A estratégia PICO para a construção da pergunta de pesquisa e busca de evidências. Rev. Latino-Am. Enfermagem. [Internet]. 2007 [acesso em 08 set 2019]; 15(3). Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692007000300023

Moher D, Liberati A, Tetzlaff J, Altman DG. Principais itens para relatar Revisões sistemáticas e Meta-análises: A recomendação PRISMA. Epidemiol. Serv. Saúde. [Internet]. 2015 [acesso em 09 set 2019]; 24(2). Disponível em: http://dx.doi.org/10.5123/S1679-49742015000200017

Melnyk BM, Fineout-Overholt E. Evidence-based practice in nursing & healthcare: A guide to best practice. Philadelphia: Lippincott Williams & Wilkins; 2011. p. 72–8.

Almeida MAR. Prazer e sofrimento no trabalho do enfermeiro hospitalar. Nursing. [Internet]. 2018 [acesso em 22 ago 2019]; 21(247). Disponível em: http://www.revistanursing.com.br/revistas/247/pg36.pdf [incluída na revisão]

Vasconcelos LS, Camponogara S, Dias GL, Bonfada MS, Beck CLC, Rodrigues IL. Prazer e sofrimento no trabalho de enfermagem em unidade de terapia intensiva pediátrica. REME rev. min. Enferm. [Internet]. 2019 [acesso em 29 ago 2019]; 23:e-1165. Disponível em: DOI: http://www.dx.doi.org/10.5935/1415-2762.20190013 [incluída na revisão]

Dos Santos JL, Corral-Mulato S, Bueno SMV, Robazzi MLCC. Feelings of nurses faced with death: pleasure and suffering from the perspective of psychodynamics of Dejours. Invest. Educ. Enferm. 2016 [Cited 2019 Ago 5] 34(3): 511-517. Available from: doi:10.17533/udea.iee.v34n2a10 [included in the review]

Kolhs M, Olschowsky A, Barreta NL, Schimerfening J, Vargas R, Busnello GF. A enfermagem na urgência e emergência: entre o prazer e o sofrimento. Rev. pesqui. cuid. Fundam. [Internet]. 2017 [acesso em 15 ago 2019]; 9(2). Disponível em: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2017.v9i2.422-431 [incluída na revisão]

Silva A, Gonçalves M, Zonatto VCS. Determinantes de prazer e sofrimento no trabalho hospitalar: uma análise à luz da teoria da psicodinâmica do trabalho. Rev. Adm e Contda Unisinos. [Internet]. 2017 [acesso em 09 set 2019]; 14(3). Disponível em: http://dx.doi.org/10.4013/base.2017.143.04 [incluída na revisão]

Campos JF, David HMSL, Souza NVDO. Prazer e sofrimento: avaliação de enfermeiros intensivistas à luz da psicodinâmica do trabalho. Rer Enferm. [Internet]. 2014 [acesso em 03 set 2019]; 18(1). Disponível em: http://dx.doi.org/10.5935/1414-8145.20140013. [incluída na revisão]

Mariano PP, Carreira L. Estratégias defensivas no ambiente laboral da enfermagem nas instituições de longa permanência para idosos. Rev. gaúch. Enferm. [Internet]. 2016 [acesso em 03 set 2019]; 7(3). Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1983- 1447.2016.03.58587 [incluída na revisão]

Duarte MLC, Glanzner CH, Pereira LP. O trabalho em emergência hospitalar: sofrimento e estratégias defensivas dos enfermeiros. Rev. gaúch. Enferm. [Internet]. 2018 [acesso em 12 ago 2019]; 39:e2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1983-1447.2018.2017-0255 [incluída na revisão]

Kamisli S, Yuce D, Karakilic B, Kilickap S, Hayran M. Cancer patients and oncology nursing: Perspectives of oncology nurses in Turkey. Niger J Clin Pract. [Internet]. 2017 [Cited 2019 Ago 20] 20(9). Available from: http://dx.doi.org/10.4103/njcp.njcp_108_16 [included in the review]

Fernandes MFP, Komessu JH. Desafios do enfermeiro diante da dor e do sofrimento da família de pacientes fora de possibilidades terapêuticas. Rev da Escola de Enferm USP. [Internet]. 2013 [acesso em 26 ago 2019]; 47(1). Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342013000100032. [incluída na revisão]

Hopia H, Heino-Tolonen T. Families in Paediatric Oncology Nursing: Critical Incidents From the Nurses' Perspective. J Pediatr Nurs. [Internet]. 2019 [Cited 2019 Ago 12]; 44. Available from: https://doi.org/10.1016/j.pedn.2018.10.013 [included in the review]

Mitsi SM, Medeiros SM, Cartaxo F, Adjya J. Influence of working in the context of health nursing professionals of an intensive care unit at a university hospital. Enfermería Global. [Internet]. 2013 [Cited 2019 Sep 12] 32. Available from: http://scielo.isciii.es/pdf/eg/v12n32/pt_administracion2.pdf [included in the review]

Garcia AB, Dellaroza MSG, Gvozd R, Haddad MCL. O sofrer no trabalho: sentimentos de técnicos de enfermagem do pronto-socorro de um hospital universitário. Ciênc. cuid. Saúde. [Internet]. 2013 [acesso em 04 set 2019]; 12(3). Disponível em: http://www.revenf.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-38612013000300002&lng=pt. [incluída na revisão]

Lobo LM, Oliveira FB. Qualidade de vida dos profissionais de enfermagem: uma revisão integrativa de literatura. Rev Cien & Saberes. . [Internet]. 2015 [acesso em 04 set 2019]; 1(1). Disponível em: http://www.facema.edu.br/ojs/index.php/ReOnFacema/article/view/23/19 [incluída na revisão]

Fabrin JF, Castro M. As possíveis influências do ambiente de trabalho no adoecimento psíquico de trabalhadores ativos do município de Seara – SC. Tecnológica. [Internet]. 2016 [acesso em 04 set 2019]; 5(2): 12-30. Disponível em: https://uceff.edu.br/revista/index.php/revista/article/view/145 [incluída na revisão]

Roberts RK, Grubb PL. The consequences of nursing stress and need for integrated solutions Rehabil Nurs. [Internet]. 2014 [Cited 2019 Sep 12] 39(2). Available from: http://dx.doi.org/10.1002/rnj.97 [included in the review]

Silva DSD, Tavares NVS, Alexandre ARG, Freitas DA, Brêda MZ, Albuquerque MCS, Melo Neto VLM. Depressão e risco de suicídio entre profissionais de Enfermagem: revisão integrativa. Rev Esc Enferm USP. [Internet]. 2015 [acesso em 11 ago 2019]; 49(6). Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0080-623420150000600020 [incluída na revisão]

Oliveira FP, Mazzaia MC, Marcolan JF. Sintomas de depressão e fatores intervenientes entre enfermeiros de serviço hospitalar de emergência. Acta paul. Enferm. [Internet]. 2015 [acesso em 11 ago 2019]; 28(3). Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1982-0194201500036. [incluída na revisão]

Glanzner CH, Olschowsky A, Duarte MLC. Estratégias defensivas de equipes de saúde da família ao sofrimento no trabalho. Cogitare enferm. [Internet]. 2018 [acesso em 12 ago 2019]; 23(1). Disponível em: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v23i1.49847 [incluída na revisão]