Cover Image

Demandas e cuidados da sexualidade da mulher no climatério: estudo descritivo

Mayara Ribeiro Maciel, Giovanna Caetano de Lima, Mariana Costa Conde, Thais Cordeiro Parauta, Bruna Lopes Saldanha, Adriana Lemos

Abstract


Objetivos: Buscou-se conhecer as principais demandas no âmbito da saúde sexual de mulheres no climatério, atendidas na Atenção Primária em Saúde, a partir dos relatos dos profissionais de saúde, e identificar as principais ações realizadas pelos mesmos. Método: Pesquisa de caráter descritivo com abordagem qualitativa ocorrida na Unidade de Estratégia da Família do Rio de Janeiro, utilizando-se de roteiro de entrevista semiestruturado. Utilizou-se técnica de amostragem por saturação teórica e a análise das entrevistas foi realizada por meio da análise de conteúdo temático-categorial. Resultado: Entrevistou-se dezessete profissionais de saúde, entre médicos e enfermeiros. Discussão: As demandas fisiológicas predominaram e destas, apenas quatro estavam relacionadas ao campo da saúde sexual. Quanto às ações, foram majoritariamente direcionadas às orientações. Conclusão: Concluiu-se que há necessidade de atualização dos profissionais quanto aos conceitos e aos aspectos relacionados ao climatério, a fim de que suas ações atendam essas mulheres em sua integralidade.

Keywords


Climatério; Sexualidade; Saúde Sexual; Atenção à Saúde

References


Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 13.ed. São Paulo - Rio de Janeiro: Hucitec-Abrasco; 2010.

Fontanella BJB, Luchesi BM, Saidel MGB, Ricas J, Turato ER, Melo DG. Amostragem em pesquisas qualitativas: proposta de procedimentos para constatar saturação teórica. Cad Saúde Pública, Rio de Janeiro. 2011 fev.; 27(2):389-394.

Bardin L. Análise de Conteúdo. Lisboa, Portugal: Edições 70; 2008.

Oliveira DC. Análise de Conteúdo Temático Categorial: uma proposta de sistematização. Rev. enferm. UERJ, Rio de Janeiro. 2008, out/dez.; 16(4):569-76.

Ministério da Saúde (Br). Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº466, de 12 de dezembro de 2012. Dispõe sobre pesquisa envolvendo seres humanos. Brasília (DF); 2012.

Santos S, Golçalves R, Azevedo E, Pinheiro A, Barbosa C, Costa K. The experience of women’s sexuality in climacteric. Revista de Enfermagem da UFSM. 2014; 4(1):113-122.

Santoro N, Epperson CN, Mathews SB. Menopausal Symptoms and Their Management. Endocrinology and Metabolism Clinics of North America. 2015; 44(3): 497–515.

Giron MN, Fonseca TC, Berardinelli LMM, Penna LHG. Repercussions of the climateric among nurses – an exploratory study. Online braz j nurs [Internet]. 2012 November [Cited 2018 Apr 29]; 11 (3):736-50. Available from:

https://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/3862.

Ministério da Saúde (Br). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Manual de Atenção à Mulher no Climatério/Menopausa. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2008.

Alves E, Calazans J, Ferreira A, Leite G, Barboza K, Dias M. Association between record gynecological-obstetrics and climacteric symptoms. Revista de Enfermagem da UFSM. 2013; 3(3):490-499.




DOI: https://doi.org/10.17665/1676-4285.20186135



 

The articles published in Online Brazilian Journal of Nursing are indexed, classified, linked, or summarized by:

 

Affiliated to:

Sources of Support:

 Visit us:

   

 

The OBJN is linked also to the main Universities Libraries around the world.

Online Brazilian Journal of Nursing. ISSN: 1676-4285

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons:Noncommercial-No Derivative Works License.