The process of introduction and implementation of the systematization of the nursing assistance at a hospitalization unit belonging to a private institution: a case study

 

Márcia Barreto*, Selma Petra*

* Mestrado Profissional Enfermagem Assistencial/UFF

RESUMO. O problema da pesquisa é o processo de implantação e implementação da sistematização da assistência de enfermagem (SAE) em uma unidade de internação de uma instituição de saúde do setor privado. Objetivos: implementar protocolos com vista na SAE em uma unidade de internação de uma instituição de saúde do setor privado; identificar as facilidades e dificuldades encontradas durante a utilização destes protocolos e; discutir a utilização destes protocolos como estratégia para sistematização da assistência prestada. A metodologia será o estudo de caso com abordagem qualitativa.

Palavras-chave: Cuidados de enfermagem; Processos de enfermagem; Planejamento da assistência ao paciente

 SITUAÇÃO PROBLEMA 

            O problema da pesquisa refere-se ao Processo de implantação e implementação da sistematização da assistência de enfermagem em uma unidade de internação de uma instituição de saúde do setor privado.

            De acordo com a Resolução COFEN 272/2002 que dispõe sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem – SAE – nas Instituições de Saúde Brasileiras, a SAE é uma atividade privativa do enfermeiro, utilizando método e estratégia de trabalho científico para a identificação das situações de saúde / doença, subsidiando ações de assistência de enfermagem que possam contribuir para a promoção, prevenção, recuperação e reabilitação da saúde do indivíduo, família e comunidade1.

            Estas atividades representam comportamentos, ações ou habilidades da enfermeira que são realizados  segundo  um referencial conceptual.  Elas  não  se  reduzem  a  um  modelo ou impresso, ainda que devam ser documentadas, por constituírem o Saber (histórico e diagnóstico) e o Fazer (prescrição e avaliação) do Ser enfermeira2.

            Durante a vivência acadêmica, aprendemos que o processo de enfermagem é um instrumento que facilita a assistência de enfermagem prestada ao paciente e dá subsídios para que o enfermeiro ordene, direcione e avalie seu trabalho.

            Segundo a Lei 7.498, de 25 de junho de 1986, que dispõe sobre a regulamentação do exercício de enfermagem, e dá outras providências3, é atividade privativa do enfermeiro, “planejamento, organização, coordenação, execução e avaliação dos serviços da assistência de enfermagem”, e são essas atividades que compõem o Processo de Enfermagem, conhecido hoje, como Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE). 

OBJETIVOS 

            Os objetivos da pesquisa são descritos em: implementar protocolos com vista na sistematização da assistência de enfermagem em uma unidade de internação de uma instituição de saúde do setor privado; identificar as facilidades e dificuldades encontradas durante a utilização destes protocolos e; discutir a utilização destes protocolos como estratégia para sistematização da assistência prestada. 

METODOLOGIA 

            A metodologia será o estudo de caso com abordagem qualitativa. A mesma foi submetida ao Comitê de Ética e Pesquisa (CEP) da Faculdade de Medicina do Hospital Universitário Antônio Pedro, onde recebeu o parecer de aprovação.

            A pesquisa será desenvolvida em uma Unidade de Internação (UI) de uma instituição de saúde do setor privado de grande porte, localizada no município de Niterói, estado do Rio de Janeiro, intitulado Hospital de Clínicas de Niterói, conhecido como HCN.  A população em estudo será constituída pelas 04 enfermeiras assistenciais (02 do plantão diurno e 02 do plantão noturno), de um único posto de enfermagem da UI do HCN.

            Para a coleta de dados será elaborado um formulário com as etapas da SAE, a observação participante e entrevistas semi-estruturadas.

            A caracterização dos sujeitos será apresentada em forma de gráficos e tabelas. Os dados obtidos através das entrevistas serão compilados buscando levantar a visão das enfermeiras no que se refere à sistematização da assistência de enfermagem e discutidos a partir do referencial teórico de Horta e outros autores que abordem a sistematização da assistência. 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 

1- Conselho Federal de Enfermagem. Resolução n. 272, de 27 de agosto de 2002. Dispõe sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem – SAE – nas Instituições de Saúde Brasileiras.

2- Cruz, I.C.F.da The implementation of the nursing process methodology: problems and  perspectives. Online Brazilian Journal of Nursing  2002 [Online] 1:2. Available: www.uff.br/nepae/objn101cruz.htm

3- Brasil. Lei n. 7.498, de 25 de junho de 1986. Dispõe sobre a regulamentação do exercício de enfermagem e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 26 jun. 1986. Seção 1, p. 1. 

DADOS DO PROJETO
Projeto de dissertação do Mestrado Profissional de Enfermagem Assistencial da Universidade Federal Fluminense aprovado em 28/06/2006 pela banca composta por: Selma Petra Chaves Sá (orientadora); Beatriz Guitton (1ª examinadora); Valéria Zadra (2ª examinadora) 
Aprovação no CEP CMM/HUAP em 19/05/2006 No. do parecer: 057/06
Apoio financeiro à pesquisa: Hospital de Clínicas de Niterói

 Received Jul 23rd , 2007
Accepted: Jul 24th, 2007