Online braz j nurs

Parents’ and educators’ perceptions, believes and practices about overweight and obesity in preschool children  – previous note.

Percepções, crenças e práticas de pais e educadores acerca do sobrepeso e obesidade em pré-escolares - nota prévia

Silvia Sanches Marins* ;  Dra. Magda Andrade Rezende**

* Doutoranda em enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (USP), Brasil.** Orientadora. Professora Livre docente da Escola de Enfermagem da USP. São Paulo, Capital. Coordenadora do Grupo de Pesquisas “Cuidado à Saúde Infantil”.

Abstract: This study aims to understand the perceptions, beliefs, attitudes and suggestions from parents and educators on the subject overweight and obesity. This is a qualitative research, using semi-structured interviews for data collection. As research theoretical reference, we will use the Food Social Space, from Social Sciences. This study chosen population  will include preschool children parents and educators, enrolled in two kindergartens located in São Bernardo do Campo city.  We are going to use the Thematic Analysis’ Content methods for the data analysis, as proposed by Bardin. These results will allow us to propose intervention programs for the prevention of overweight and obesity among preschool children of the studied city . 

Keywords: Pediatric Nursing, Feeding Behavior, Overweight, Obesity, Child Preschool 

Resumo: Este estudo tem como objetivo conhecer as percepções, crenças, comportamentos e sugestões de pais e educadores quanto ao tema sobrepeso e obesidade infantil. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, utilizando entrevistas semi-estruturadas para coleta de dados. Como referencial teórico utilizaremos o Espaço Social Alimentar, da Sociologia da Alimentação. A população deste estudo compreenderá educadores e pais de pré-escolares matriculados em duas Instituições de Educação Infantil localizadas no município de São Bernardo do Campo – SP. Para a análise dos dados, serão utilizados os métodos da Análise Temática de Conteúdo, proposto por Bardin e os resultados permitirão propor programas de intervenção que visem à prevenção do sobrepeso e obesidade entre os pré-escolares da cidade estudada.

Palavras-chave: Enfermagem Pediátrica, Conduta na Alimentação, sobrepeso, obesidade, pré-escolar.

Situação problema e sua significância: A obesidade em crianças vem se tornando um sério problema de saúde nos últimos anos, visto que está associada com um alto índice de mortes prematuras, além de outras conseqüências para a saúde como doenças cardiovasculares, respiratórias e endócrinas, bem como baixa auto-estima. Porém, a obesidade não deve ser vista apenas como um fenômeno orgânico, mas como uma questão que envolve determinantes fisiológicos, econômicos, ambientais, sociais e culturais, devendo-se, portanto, levar em conta a realidade dos sujeitos e o ambiente no qual estes estão inseridos, assim como seu sistema de valores, suas atitudes e motivações. No que diz respeito às fases do desenvolvimento infantil, que também influenciam sobremaneira a alimentação da criança, a literatura nos mostra que a fase pré-escolar é o mais importante período da infância em que devem ser focados os programas educativos com vistas à prevenção do sobrepeso e obesidade infantis1, sendo que os hábitos alimentares adquiridos nesta fase tendem a se estabelecer na fase adulta.  Assim, tendo em vista que as creches e pré-escolas concentram um grande número de crianças, de educadores, e indiretamente de pais - 6.509.868 crianças, segundo Censo Escolar de 20072 - entendemos que estas constituem-se em espaços adequados para capacitação de adultos acerca dos aspectos relativos à alimentação, como também para o desenvolvimento de programas com vistas a prevenção do sobrepeso e obesidade infantis. Porém, para que um programa educativo seja efetivo, este deve envolver o respeito à individualidade dos sujeitos envolvidos. Assim, é necessário criar estratégias que levem os pais/responsáveis e educadores a refletir, problematizar e finalmente participar no controle das condições de saúde de seus filhos/alunos.  Para tanto é necessário o conhecimento do contexto de vida dos sujeitos, bem como da influência dos seus comportamentos a fim de transformá-lo (ou não) em ação de promoção da saúde. Desta forma, pretendemos com este estudo conhecer o que os pais e educadores pensam sobre o tema sobrepeso e obesidade infantil, suas percepções, crenças e atitudes, a fim de desenvolver, um plano de ação condizente com as necessidades da população estudada.

Objetivos: Identificar comportamentos, crenças e sugestões de pais e educadores de pré-escolares quanto à manutenção de peso corporal saudável, bem como quanto à prevenção do sobrepeso e obesidade infantis. Conhecer comportamentos, crenças, hábitos e práticas de pais e educadores de pré-escolas que podem influenciar as crianças quanto ao risco de sobrepeso e obesidade.  

Metodologia: Trata-se de pesquisa qualitativa, com entrevistas semi-estruturadas onde serão utilizadas as técnicas da Comunicação Centrada na Pessoa. Como referencial teórico, utilizaremos o Espaço Social Alimentar, objeto de estudo da Sociologia da Alimentação, das Ciências Sociais. Para a análise dos dados, serão utilizados os métodos da Análise Temática de Conteúdo, proposto por Bardin3. A população deste estudo compreenderá educadores e pais de pré-escolares matriculados em duas Instituições de Educação Infantil localizadas no município de São Bernardo do Campo – SP, que serão também caracterizados quanto a: idade; escolaridade e profissão, além da classe econômica por renda familiar, segundo o Critério de Classificação Econômica Brasil (CCEB), da Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa (ABEP). Esta pesquisa será realizada de acordo com a Resolução 196/96 do Conselho Nacional de Saúde, sendo já aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo.

Referência:

1.     Wofford LG. Systematic Review of childhood obesity prevention. Journal of Pediatric Nursing 2008 feb; 23(1):5-19.

Bibliografia:

     Brasil. Ministério da Educação e do Desporto. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopse Estatística da Educação Básica 2006. [online]. Available at: http://www.inep.gov.br/basica/censo/Escolar/Sinopse/sinopse.asp  (3 jan 2009). Acess on: 2009 Jan.

     Bardin LD. Análise de conteúdo. 3ª ed. Lisboa : Edições 70; 2004, 223p  

Dados do projeto: Projeto de tese de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Escola de Enfermagem da USP, área de concentração - Enfermagem na Saúde da Criança, aprovado em 19/11/2008 pela banca composta por: Prof. Dra. Magda Andrade Rezende (Orientadora), Prof. Dra. Cilce Helena de Figueiredo Preza Bertin e Prof. Dra. Elizabeth Fujimori.

Aprovação no CEP: Aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Enfermagem da USP em 20/06/2008 nº parecer 743/2008/CEP- EEUSP 

Endereço para correspondência: Rua Clovis Bevilaqua, 62, Jordanópolis, São Bernardo do Campo, SP, CEP: 09891-560. E-mail: silviasm@usp.br





 

The articles published in Online Brazilian Journal of Nursing are indexed, classified, linked, or summarized by:

 

Affiliated to:

Sources of Support:

 

The OBJN is linked also to the main Universities Libraries around the world.

Online Brazilian Journal of Nursing. ISSN: 1676-4285

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons:Noncommercial-No Derivative Works License.