Online braz j nurs

The insertion of soft, soft-hard and hards technologies on the management of the care by the nurses of a university hospital- preview note

A inserção das tecnologias leves, leves-duras e duras no gerenciamento do cuidado pelos enfermeiros de um Hospital Universitário – nota prévia

Tatiana Rocha*, Ana Lucia Abrahão*

*Mestrado Profissional Enfermagem Assistencial/UFF, RJ, Brasil

ABSTRACT. It is a research Project of the Pos-Graduation Strictu Senso - Professional Master's -Assistant Nursing- Degree program of the Aurora de Afonso Costa Nursing School/UFF, Niterói/ Rio de Janeiro. Using the concept of technology developed by Merhy (1997) will be analysed the process of work of the nurse, trying to identify the use of the those technologies on the management of the care. This research will be done on a university hospital in the State of Rio de Janeiro. It is exploratory study with a qualitative approach, the data will be collected by a half-structuralized interview and a participant observation, being analysed by analysis of content of Bardin.

Keywords: Technology, interpersonal relations, patient care management, holistic nursing

RESUMO: Trata-se de um projeto de pesquisa do Programa do Mestrado Profissional Enfermagem Assistencial, da Escola de Afonso Costa/UFF. Objetiva-se a partir do conceito de tecnologia empregado por Merhy( 1997) analisar o processo de trabalho do enfermeiro , buscando identificar o uso das tecnologias no gerenciamento do cuidado . O campo de investigação será um Hospital Universitário no interior do Rio de Janeiro. Trata-se de um estudo exploratório com abordagem qualitativa, os dados serão coletados através de entrevista semi-estruturada e observação participante sendo analisado através da análise de conteúdo de Bardin.

Descritores: Tecnologia, Relações interpessoais, administração dos cuidados ao paciente, enfermagem holística.

                  

SITUAÇÃO PROBLEMA           

            A função gerencial pode ser conceituada como sendo um instrumento capaz de organizar o processo de trabalho da equipe de enfermagem com o objetivo de torná-lo qualificado e produtivo na oferta de uma assistência de enfermagem universal, igualitária e integral. (1)

            O modelo de gerência adotado pelos enfermeiros  têm  os princípios da Escola Científica e Clássica da administração, e algumas características desse estilo de gerência como a fragmentação das atividades, a impessoalidade nas relações, a centralização do poder e a rígida hierarquia têm demonstrado  nitidamente a conduta gerencial autoritária que os enfermeiros tem adotado. (2)

            Este estilo de gerência determina aos trabalhadores a maneira de se executar as tarefas, centralizando as ações do gerente na supervisão da sua equipe, o que tem trazido falta de motivação, insatisfação e a falta de criatividade por parte dos trabalhadores. (1)

Torna-se necessário (re) repensar as formas de gerenciar o cuidado, focalizando não somente o cliente, mas também o trabalhador que atua diretamente nesse cuidado.

O gerenciamento do cuidado depende de uma série de saberes, que podemos denominar de tecnologias. As tecnologias não devem ser confundidas exclusivamente como instrumento (equipamento) tecnológico nem sempre valorizada como algo necessariamente positivo, pois damos a este termo uma imagem de saberes que permitem, em um processo de trabalho especifico, operar sobre recursos na realização de finalidades perseguidas e postas para esse processo produtivo (3,4).

Quando ampliamos nosso entendimento sobre tecnologias, identificamos as tecnologias materiais e as não materiais(5).Tecnologias que são empregadas durante a produção do cuidado. Portanto, como se desenvolve o processo de trabalho do enfermeiro a luz do conceito de tecnologia proposto por Merhy? Como os enfermeiros utilizam as tecnologias no gerenciamento do cuidado e quais são os fatores que interferem na utilização destas tecnologias?  

OBJETIVO

A partir do conceito de tecnologia empregado por Merhy, analisar o processo de trabalho do enfermeiro, buscando identificar o uso das tecnologias no gerenciamento do cuidado. 

METODOLOGIA

Trata-se de um estudo exploratório de campo com investigação qualitativa. Para tanto, Os dados serão coletados em duas fases: a primeira será realizada através da observação participante, a qual seguirá um roteiro pré-elaborado, os dados serão registrados no diário de campo. O segundo momento constará da realização da entrevista semi – estruturada, será realizado um instrumento de entrevista piloto. Os dados serão analisados através da análise de conteúdo de Bardin.

A pesquisa será realizada em um Hospital Universitário em Vassouras no Estado do Rio de Janeiro. O estudo será realizado com os 21 enfermeiros desse Hospital.

Este estudo pretende contribuir para a produção do conhecimento a ser utilizado na prática dos profissionais que gerenciam o cuidado.

O projeto obteve aprovação do comitê de ética na pesquisa da USS, com parecer nº 0013.0.326.258-07 CEP/CONEP. 

 REFERÊNCIAS

1-Aguiar AB, Costa RS, Weirich CF, Bezerra AQ. Gerência dos serviços de enfermagem: um estudo bibliográfico.Revista eletrônica de enfermagem [periódico on line] 2005; 7 (3) Disponível em: www.fen.ufj.br. Acessado em 18/12/2006.

2- Fernandes MS, Spagnol CA, Trevizan MA, Hayashida M. A conduta gerencial da enfermeira: um estudo fundamentado nas teorias da administração.Rev Lat-Am enferm 2003 mar/abr; 11(2).

3-Merhy EE. Agir em saúde: um desafio para o público. 1º ed São Paulo (SP): Hucitec - Abrasco; 1997.

4-Tavares CMM et al Therapeutical activities as technologies of caring in  mental health. Online Brazilian Journal of Nursing 2002  (OBJN -ISSN 1676-4285) 1 (2) [Online]. Available at: www.uff.br/nepae/objn102tavaresetal.htm

5- Ana Lúcia Abrahão. Produção de subjetividade e gestão em saúde: cartografias da gerência. Tese de Doutorado. 2004. UNICAMP.

Apoio Financeiro a pesquisa: Empresa de ônibus e Turismo Pedro Antônio Ltda.

Endereço para correspondência: Rua Major Eber nº115 Madruga Vassouras- RJ Cep: 27.700-000

Dados do projeto: Projeto de dissertação do Programa de mestrado Profissional de Enfermagem Assistencial da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa da Universidade Federal Fluminense. Aprovado em 28/06/2007 pela banca composta por: Profª Drª Ana Lúcia Abrahão, Profª Drª Marilda Andrade, Profª Drª Carla Martins, suplente  prof. Enéas Rangel.

Aprovação no CEP USS em 12/06/2007 nº parecer 0013.0.326.258-07.

Received Jul 1st, 2007

Accept: Jul 2nd, 2007