5993pt.html

NOTAS PRÉVIAS

Validação do resultado de enfermagem Mobilidade em idosos com Chikungunya: estudo metodológico


Amanda Barbosa da Silva1, Mércio Gabriel de Araújo1, Marina Marisa Palhano dos Santos1, Ana Paula Nunes de Lima Fernandes1, Jéssica Naiara de Medeiros Araújo1, Allyne Fortes Vitor1

1Universidade Federal do Rio Grande do Norte

RESUMO

Objetivo: Validar o resultado de enfermagem Mobilidade apresentado pela Nursing Outcomes Classification (NOC) em pacientes idosos com Chikungunya. Método: Estudo metodológico a ser realizado em um centro de referência ao idoso localizado no estado do Rio Grande do Norte, em três etapas: adaptação de instrumento por revisão integrativa da literatura; validação semântica; e validação clínica do instrumento seguindo as recomendações da Psicometria. Para a análise descritiva serão calculadas as medidas do centro da distribuição e variabilidades. Será aplicado o teste de Friedman para verificar divergência entre avaliadores, o coeficiente de correlação intraclasse para comparar a semelhança entre as avaliações dos enfermeiros e o coeficiente Alfa de Cronbach para verificar a consistência interna das duplas avaliadoras. Resultados esperados: Fornecer um instrumento adaptado, validado e direcionado aos pacientes idosos com mobilidade prejudicada em decorrência da Chikungunya.

Descritores: Estudos de Validação; Avaliação em Enfermagem; Idoso; Enfermagem.


SITUAÇÃO PROBLEMA E SUA SIGNIFICÂNCIA

O Resultado de Enfermagem (RE) é definido como um estado, comportamento ou percepção de um indivíduo, medido durante um período em reposta a uma ou mais intervenções de enfermagem. Nesse cenário, entende-se o RE Mobilidade como a capacidade de o indivíduo se movimentar de modo independente pelo ambiente, com ou sem auxilio de dispositivo de apoio(1).

Direcionar as ações de enfermagem à pacientes idosos com Chikungunya e comprometimento articular é relevante por se acreditar que uma das principais repercussões clínicas ocasionadas pela doença seja a limitação da mobilidade e a consequente diminuição da qualidade de vida do idoso e a incapacidade de realizar algumas atividades de vida diária, sobretudo pela manhã(2).

Nesse contexto, o enfermeiro integrante da equipe de saúde deve atentar quanto ao manejo clínico do idoso acometido por Chikungunya o que, por conseguinte, exige do profissional um cuidado sistematizado mediante a adoção de um método e linguagem uniforme que possibilitem a avaliação, o planejamento e a execução dos cuidados de enfermagem a este indivíduo de forma acurada e assertiva.

QUESTÕES NORTEADORAS

As definições constitutivas, operacionais e magnitudes operacionais para avaliar a Mobilidade presentes na NOC e os demais identificados na literatura são válidos em pacientes idosos com Chikungunya?

OBJETIVOS

Geral

Validar o resultado de enfermagem Mobilidade apresentado pela Nursing Outcomes Classification em pacientes idosos com Chikungunya.

Específicos

Revisar e adaptar o instrumento validado, em estudo anterior, para a população idosa com Chikungunya.

Validar semanticamente o resultado de enfermagem Mobilidade em pacientes idosos com Chikungunya.

Verificar a validade clínica das definições constitutivas, operacionais e magnitudes operacionais do resultado de enfermagem Mobilidade em pacientes idosos com Chikungunya.

MÉTODO

Trata-se de um estudo metodológico a ser desenvolvido em três etapas. A primeira etapa será uma revisão integrativa da literatura para adaptação de um instrumento validado, em estudo anterior, à população idosa com Chikungunya. Após a adaptação, será iniciada a etapa de validação semântica, com o intuito de verificar a inteligibilidade e adequação dos itens do instrumento, por enfermeiros assistenciais, população-alvo que utilizará o instrumento em questão.

A terceira etapa consistirá na validação clínica, operacionalizada por um estudo transversal para verificar se existe uma avaliação mais uniforme com a utilização do instrumento. A amostra será estabelecida conforme referencial sobre Psicometria, proposto por Pasquali(3), que estabelece o quantitativo de cinco a 10 indivíduos para cada item do instrumento. Dessa forma, a amostra será constituída por 90 idosos com Chikungunya.

Os pacientes deverão atender aos seguintes critérios: ter idade igual ou superior a 60 anos de idade, ter sido notificado com Chikungunya; obter pontuação 15 na Escala de Coma de Glasgow e apresentar Diagnóstico de Enfermagem de Mobilidade Física Prejudicada. Critérios de exclusão: pacientes em situações de emergência ou risco de morte durante o procedimento de coleta de dados.

A coleta de dados será realizada no final do primeiro semestre de 2017 com instrumento adaptado, composto por dados sociodemográficos e pelos indicadores do RE Mobilidade em idosos com Chikungunya. Estas duas últimas etapas ocorrerão em um Centro de atendimento especializado em saúde do idoso, localizado no estado do Rio Grande do Norte.

Após a coleta, os dados serão organizados em um banco de dados e tabulados no programa estatístico Statistical Package for the Social Sciences (SPSS), versão de teste 22.0 para análise descritiva mediante frequências, medidas do centro da distribuição e suas variabilidades. Para verificação de divergência entre avaliadores será utilizado o teste de Friedman e quando houver diferença estatisticamente significante se procederá com análise post-hoc pelo método de diferença mínima significante (DMS). Após o cálculo do valor da DMS, são calculados os valores entre as diferenças de média dos postos de cada avaliador, em cada grupo, com e sem definições constitutivas e operacionais. Será considerada diferença estatisticamente significante entre os avaliadores quando o valor da média entre os postos for maior que a DMS.

Para comparar a correlação das avaliações feitas pelos pares de avaliadores será utilizado o coeficiente de correlação intraclasse e para verificar a consistência interna das avaliações das duplas se fará uso do coeficiente Alfa de Cronbach.

Este estudo obteve parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sob Certificado de Apresentação para Apreciação Ética nº 64880017.9.0000.5537, conforme a Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde.

RESULTADOS ESPERADOS

Pretende-se fornecer um instrumento adaptado, validado e direcionado aos pacientes idosos com mobilidade prejudicada acometidos pela Chikungunya. Este será capaz de proporcionar uma avaliação acurada das necessidades de cuidado de cada individuo e, consequentemente, a melhoria da qualidade da assistência de enfermagem. Ademais, busca-se suscitar discussões de políticas públicas de saúde direcionadas ao idoso que tem como uma das principais consequências da Chikungunya o comprometimento articular duradouro.


REFERÊNCIAS

  1. Moorhead S, Johnson M, Mass ML. Nursing Outcomes Classification (NOC): measurement of health outcomes. 5th ed. St. Louis: Elsevier; 2016.
  2. Schilte C, Staikowsky F, Couderc T, Madec Y, Carpentier F, Kassab S et al. Chikungunya virus-associated long-term arthralgia: a 36-month prospective longitudinal study. PLoS Negl Trop Dis. 2013;7(3):e2137.
  3. Pasquali L. Instrumentação psicológica: fundamentos e práticas. Porto Alegre: Artmed, 2010. 559p.

Todos os autores participaram das fases dessa publicação em uma ou mais etapas a seguir, de acordo com as recomendações do International Committe of Medical Journal Editors (ICMJE, 2013): (a) participação substancial na concepção ou confecção do manuscrito ou da coleta, análise ou interpretação dos dados; (b) elaboração do trabalho ou realização de revisão crítica do conteúdo intelectual; (c) aprovação da versão submetida. Todos os autores declaram para os devidos fins que são de suas responsabilidades o conteúdo relacionado a todos os aspectos do manuscrito submetido ao OBJN. Garantem que as questões relacionadas com a exatidão ou integridade de qualquer parte do artigo foram devidamente investigadas e resolvidas. Eximindo, portanto o OBJN de qualquer participação solidária em eventuais imbróglios sobre a matéria em apreço. Todos os autores declaram que não possuem conflito de interesses, seja de ordem financeira ou de relacionamento, que influencie a redação e/ou interpretação dos achados. Essa declaração foi assinada digitalmente por todos os autores conforme recomendação do ICMJE, cujo modelo está disponível em http://www.objnursing.uff.br/normas/DUDE_final_13-06-2013.pdf

Recebido: 09/06/2017 Revisado: 01/09/2018 Aprovado: 18/09/2018





 

The articles published in Online Brazilian Journal of Nursing are indexed, classified, linked, or summarized by:

 

Affiliated to:

Sources of Support:

 Visit us:

   

 

The OBJN is linked also to the main Universities Libraries around the world.

Online Brazilian Journal of Nursing. ISSN: 1676-4285

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons:Noncommercial-No Derivative Works License.