Cover Image

Fatores associados aos impedimentos para a amamentação precoce: estudo descritivo

Marcos Benatti Antunes, Graziela Formaggi Lara Carvalho, Sandra Marisa Pelloso, Ieda Harumi Higarashi, Sueli Mutsumi Tsukuda Ichisato

Abstract


Objetivo: verificar se o quarto dos “dez passos para o sucesso do aleitamento materno” é realizado em um hospital da região noroeste do Paraná. Método: estudo exploratório, descritivo, de abordagem quantitativa, realizado com 40 gestantes em trabalho de parto no período de julho a outubro de 2013. Utilizou-se um questionário semiestruturado aliado à observação não participante. Para análise dos dados aplicou-se o teste qui-quadrado com correção de Yates. Resultados: identificou-se número elevado de cesáreas (33) e em relação ao contato mãe-bebê na primeira hora de vida, 39 mães tiveram contato visual, 32 contato físico e apenas duas amamentaram na primeira hora. Discussão: evidenciaram-se alguns fatores que impediram a amamentação precoce e não efetivação do quarto passo. Conclusão: os impedimentos foram a prevalência do parto cesáreo, o encaminhamento do bebê após o parto ao berçário e o distanciamento das rotinas hospitalares do modelo proposto pela Iniciativa Hospital Amigo da Criança.


Keywords


Amamentação; Parto Natural; Parto abdominal; Enfermagem Obstétrica; Assistência à Saúde Materno-Infantil

References


Centers for Disease Control and Prevention. Breastfeeding report card-United States, 2012. Atlanta (GA): CDC; 2012. [cited 2014 jul 14]; Available from: http://www.cdc.gov/breastfeeding/pdf/2012BreastfeedingReportCard.pdf. English.

Brazil, Ministério da Saúde. II Research of Breastfeeding Predominance in Brazilian Capitals and Federal District [II Pesquisa de Prevalência de Aleitamento Materno nas Capitais Brasileiras e Distrito Federal]. Ministério da Saúde, Brasília, 2009.

The American College of Obstetricians and Gynecologists. Breastfeeding in Underserved Women: Increasing Initiation and Continuation of Breastfeeding. Committee on Health Care for Underserved Women . Number 570, August 2013. [cited 2014 jul 14]; Available from:

http://www.acog.org/Resources-And-Publications/Committee-Opinions/Committee-on-Health-Care-for-Underserved-Women/Breastfeeding-in-Underserved-Women-Increasing-Initiation-and-Continuation-of-Breastfeeding

Brasil. Ministério da Saúde. Iniciativa hospital amigo da criança: revista, atualizada e ampliada para o cuidado integrado. Módulo I - Histórico e implementação [Internet]. Brasília: Editora do Ministério da Saúde; 2008 [citado 2008 out 07]. (Série A. Normas e Manuais Técnicos). Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/iniciativa_hospital_amigo_crianca_modulo1.pdf

BRASIL. Ministério da Saúde. Iniciativa Hospital Amigo da Criança. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2011. [citado 2011 jan 25] Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/iniciativa_hospital_amigo_crianca.pdf

MARINGÁ (Cidade). Hospital Universitário Regional de Maringá. História do hospital. [citado 19 abr 2013]. Disponível em: http://www.hum.uem.br/?pg=ohospital

MARINGÁ (Cidade). Desempenho Hospitalar. Revista Institucional da Santa Casa de Maringá. 2012; 2 (1): 44-45.

Zanatta M. Comitê de aleitamento promove curso para Santa Casa. Jornal do Povo [on line]. 02 mai 2009. Maringá (PR). Disponível em:

http://www.maringamais.com.br/?pag=noticias_destaque&id=1552

BRASIL. Ministério da Saúde. Programa Nacional de Incentivo ao Aleitamento Materno. Grupo de Defesa da Saúde da Criança. Normas e rotinas para o incentivo ao aleitamento materno: Passo 1. Brasília(DF): Ministério da Saúde; 1993.

Organização Mundial da Saúde (OMS). Evidências científicas dos dez passos para o sucesso no aleitamento materno. Trad. Maria Cristina Gomes do Monte. Brasília (DF): OPAS; 2001.

Boccolini CS, Carvalho ML, Oliveira MIC, Pérez-Escamilla R. Breastfeeding during the first hour of life and neonatal mortality. Jornal de Pediatria. 2013; 89(2):131−136.

Bocollini CS, Carvalho M L, Oliveira MIC, Vasconcelos, AGG. Fatores associados à amamentação na primeira hora de vida. Rev. Saúde Pública. 2011; 11(01): 69-78.

Toma TS, Monteiro CA. Avaliação da promoção do aleitamento materno nas maternidades públicas e privadas do Município de São Paulo. Rev. Saúde Pública. 2001; 35(5): 409-414.

Silveira RB, Albernaz E, Zuccheto LM. Factors associated with the initiation of breastfeeding in a city in the south of Brazil. Rev Bras Saude Matern Infant 2008;8:35-43.

Figueredo SF, Mattar MJG, Abrao ACFV. Iniciativa Hospital Amigo da Criança: uma política de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. Acta paul. enferm. 2012; 25(3): 459-463.

Vannuchi MTO, Monteiro CA, Réa MF. Implantação da iniciativa hospital amigo da criança em um hospital universitário. Cienc Cuid Saude 2012; 11(suplem.):102-107

Edmond KM, Zandoh C, Quigley MA, Amenga-Etego S, Owusu-Agyei S, Kirkwood BR. [Delayed breastfeeding initiation increases risk of neonatal mortality]. Pediatrics. 2006;117:e380-6. English.

Weiderpass E, Barros FC, Victora CG, Tomasi E, Halpern R. Incidência e duração da amamentação conforme o tipo de parto: estudo longitudinal no sul do Brasil. Rev Saúde Pública. 1998; 32(3): 225-231.

Strapasson MR, Fischer AC, Santos C, Bonilha ALL. Amamentação na primeira hora de vida em um hospital privado de Porto Alegre/RS - relato de experiência. R. Enferm. UFSM 2011 Set/Dez;1(3):489-496.




DOI: https://doi.org/10.17665/1676-4285.20155129