4916pt

NOTAS PRÉVIAS

 

Enfermagem na perspectiva do paciente em impossibilidade de cura: estudo descritivo

 

Ana Paula Candido do Nascimento1, Eliane Ramos Pereira1, Rose Mary Costa Rosa Andrade Silva1

1Universidade Federal Fluminense

 


RESUMO
Problema: Quando se verifica a falência dos meios convencionais de tratamento ao doente, os desafios e despreparo dos enfermeiros em cuidar do sofrimento podem refletir diretamente na qualidade da atenção prestada, sobretudo aos que estão sem possibilidades de cura.
Objetivos: Compreender as percepções do paciente acerca da impossibilidade de cura e experiências vivenciadas na assistência de enfermagem; descrever as necessidades emocionais desse enfermo e perspectivas do cuidado de enfermagem; elaborar um vídeo com base nas experiências e necessidades do paciente incurável e perspectivas de intervenções de enfermagem para treinamento em serviço aos enfermeiros.
Método: Estudo descritivo de abordagem qualitativa e uso da técnica de entrevistas semiestruturadas. Tem-se a Fenomenologia como referencial filosófico.
Descritores: Assistência de Enfermagem; Morte; Qualidade de Vida.


 

SITUAÇÃO PROBLEMA E SUA SIGNIFICÂNCIA

O avanço tecnológico da medicina transformou o fenômeno da morte em algo vergonhoso e negado. Estudos sobre a assistência de enfermagem frente à morte e ao processo de morrer em hospitais revelam uma atitude defensiva da equipe, que cria um modelo de negação da realidade e impede o profissional de se defrontar com a inexorabilidade da finitude do paciente(1). Nesse modelo, "a assistência em saúde é impessoal, mecânica e asséptica"(2).

Dessa forma, faz-se necessário conhecer as percepções do paciente em impossibilidade de cura frente ao processo de morte.  Surge a questão-problema deste estudo: Quais as percepções do paciente incurável quanto à assistência de enfermagem?

 

QUESTÕES NORTEADORAS

  • Quais as percepções vivenciadas pelo paciente em impossibilidade de cura acerca da sua finitude e sobre a assistência de enfermagem no contexto de sua demanda emocional?
  • Quais as perspectivas do cuidado emocional junto a esse paciente?

 

OBJETIVOS

  • Compreender as percepções do paciente acerca da impossibilidade de cura e experiências vivenciadas na assistência de enfermagem;
  • Descrever as necessidades emocionais desse enfermo e perspectivas do cuidado de enfermagem;
  • Elaborar um vídeo com base nas experiências e necessidades do paciente incurável e perspectivas de intervenções de enfermagem para treinamento em serviço junto aos enfermeiros.

 

MÉTODO

Optou-se pela realização de estudo descritivo, de campo, com abordagem qualitativa e entrevista semiestruturada para a coleta de dados. Será utilizada a abordagem teórico-metodológica da fenomenologia de Merleau-Ponty na compreensão da experiência existencial vivenciada pelos pacientes. O estudo terá como produto um documentário, estilo de filme que se caracteriza por apresentar determinado acontecimento ou fato mostrando a realidade de maneira mais ampla e pela sua extensão interpretativa, apresentando novos modos de ver o mundo. O documentário tem o intuito de motivação dos enfermeiros quanto à assistência baseada nas necessidades do paciente.

A pesquisa será realizada na clínica médica de um hospital municipal de médio porte, que atende a população de Duque de Caxias/RJ e entorno no período de março a agosto de 2015.

Serão incluídos os pacientes em impossibilidade de cura que possuam doenças crônicas como insuficiência renal crônica, HIV/Aids, câncer e outras; faixa etária acima de 18 anos; e que estejam internados na clínica médica não importando o tempo de internação. Como critérios de exclusão, enfermos sem condições físicas, mentais ou emocionais para realização da entrevista.

Os participantes serão entrevistados de acordo com a sua disponibilidade e concordância, não interferindo na sua assistência ou repouso. A entrevista poderá ser interrompida a qualquer momento sem trazer danos à pesquisa e aos participantes. Não obstante se tratar de estudo qualitativo, prevê-se uma amostragem de no mínimo quatro pacientes a fim de contemplar aprofundamento do fenômeno; e a coleta de dados se dará por encerrada com a saturação das informações obtidas.

Após a identificação, na clínica médica, dos pacientes em impossibilidade de cura, será feito o convite para a participação das entrevistas. Esclarecidas quaisquer dúvidas, se procederá para a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Com o aceite, as entrevistas serão realizadas possibilitando a expressão dos depoimentos de modo livre. Para o tratamento dos dados coletados será utilizada a análise de Bardin mediante a categorização dos dados, que serão interpretados com o respaldo da fenomenologia de Merleau-Ponty.

Ao ser desvelada a dimensão perceptiva dos pacientes vivenciada com a impossibilidade de cura e também acerca do cuidado de enfermagem, se dará a fase de elaboração do vídeo como instrumento de educação em serviço, o qual será implementado junto aos enfermeiros, em perspectiva de grupo focal. O referido vídeo tem a finalidade de sensibilização e educação em serviço que concerne às necessidades apreendidas dos relatos dos pacientes e propostas de conexões com o cuidado calcado na dimensão emocional do paciente.
O projeto foi submetido à apreciação do Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Universitário Antônio Pedro e obteve aprovação mediante Parecer CEP nº 836.511.

 

REFERÊNCIAS

1. Chagas MS, Merhy EE, Abrahão AL, Cerqueira MP, Silva E. The caring in face of the finiteness in the hospital institutions: adescriptive study. Online braz j nurs [ Internet ]. 2013 Oct [ cited 2014 Jun 10 ] 12 Suppl: 719-21. Available from: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/4546. doi: http://dx.doi.org/10.5935/1676-4285.20134546.

2. Silva WCBP, Silva RMCRA, Pereira ER, Silva MA, Marins AMF, Sauthier M. Nursing team perception of oncological palliative care: a phenomenological study. Online braz j nurs [ internet ]. 2014 Mar [ cited 2014 Jun 10 ] 13 (1): 72-81. Available from: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/4125.

3. Merleau-Ponty, M. Fenomenologia da percepção 1908-1961. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes; 2011.

 

 

Todos os autores participaram das fases dessa publicação em uma ou mais etapas a seguir, de acordo com as recomendações do International Committe of Medical Journal Editors (ICMJE, 2013): (a) participação substancial na concepção ou confecção do manuscrito ou da coleta, análise ou interpretação dos dados; (b) elaboração do trabalho ou realização de revisão crítica do conteúdo intelectual; (c) aprovação da versão submetida. Todos os autores declaram para os devidos fins que são de suas responsabilidades o conteúdo relacionado a todos os aspectos do manuscrito submetido ao OBJN. Garantem que as questões relacionadas com a exatidão ou integridade de qualquer parte do artigo foram devidamente investigadas e resolvidas. Eximindo, portanto o OBJN de qualquer participação solidária em eventuais imbróglios sobre a materia em apreço. Todos os autores declaram que não possuem conflito de interesses, seja de ordem financeira ou de relacionamento, que influencie a redação e/ou interpretação dos achados. Essa declaração foi assinada digitalmente por todos os autores conforme recomendação do ICMJE, cujo modelo está disponível em http://www.objnursing.uff.br/normas/DUDE_final_13-06-2013.pdf

 

 

Recebido: 17/07/2014
Revisado: 23/10/2014
Aprovado: 23/10/2014





 

The articles published in Online Brazilian Journal of Nursing are indexed, classified, linked, or summarized by:

 

Affiliated to:

Sources of Support:

 

The OBJN is linked also to the main Universities Libraries around the world.

Online Brazilian Journal of Nursing. ISSN: 1676-4285

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons:Noncommercial-No Derivative Works License.