4777pt

NOTAS PRÉVIAS

 

Subconjunto terminológico CIPE® para feridas tumorais em cuidados paliativos: estudo metodológico

 

Maria Cristina Freitas de Castro1, Patrícia dos Santos Claro Fuly1

1Universidade Federal Fluminense

 


RESUMO
Objetivo: Construir um subconjunto terminológico para o controle de sintomas de feridas tumorais em pacientes em cuidados paliativos, utilizando a Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE®).
Método: Pesquisa descritiva, exploratória, de abordagem quantitativa, desenvolvida a partir da construção de subconjunto terminológico para controle de sintomas de feridas tumorais em pacientes em cuidados paliativos, utilizando a CIPE® e o referencial de Wanda Horta. O cenário é o Hospital Universitário Antônio Pedro (HUAP), unidade de saúde de alta complexidade, localizado em Niterói, RJ. A população do estudo será composta por enfermeiros e docentes, expertos em feridas tumorais, que atendam pacientes em cuidados paliativos no HUAP. A validação das declarações de diagnósticos/intervenções/resultados de enfermagem será baseada na opinião desses especialistas por meio do cálculo do índice de concordância dos participantes, com análise estatística simples.
Descritores: Ferimentos e Lesões; Cuidados Paliativos; Processos de Enfermagem.


CONTEXTUALIZANDO A TEMÁTICA E SUA RELEVÂNCIA

Pela sua magnitude epidemiológica, social e econômica, o câncer é considerado um problema complexo de saúde pública, e a cada ano cresce o número de casos novos no Brasil (1).  Dentre as recomendações governamentais para as ações de controle do câncer encontram-se os cuidados paliativos, que visam melhorar a qualidade de vida dos pacientes por meio do controle de sintomas angustiantes (1). Dentre esses enfermos, um número importante irá, em algum momento, desenvolver feridas tumorais em decorrência do tumor primário ou metastático, o que evidencia a necessidade de uma enfermagem qualificada e com ações sistematizadas, embasadas cientificamente.

A Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE®) se apresenta como uma ferramenta importante para a padronização terminológica e troca de informações entre enfermeiros. Os dados e informações resultantes desse meio podem ser utilizados para a representação da prática de enfermagem nos sistemas de informação em saúde, no planejamento e gestão dos cuidados (2).

O desenvolvimento de subconjuntos terminológicos CIPE® e sua validação têm sido contribuições importantes para o fortalecimento da enfermagem tanto na assistência quanto na educação e pesquisa (2).

Sendo assim, este trabalho se propõe a construir um subconjunto terminológico para o controle de sintomas de feridas tumorais de pacientes em cuidados paliativos utilizando a CIPE®, buscando um controle efetivo dos sintomas baseado em evidências científicas, considerando a lacuna existente na literatura especializada de enfermagem.

 

QUESTÃO NORTEADORA

Quais são os diagnósticos/intervenções/resultados de enfermagem junto aos pacientes com feridas tumorais em cuidados paliativos?


OBJETIVOS


Objetivo Geral
Construir um subconjunto terminológico para o controle de sintomas de feridas tumorais em pacientes em cuidados paliativos, utilizando a CIPE®.


Objetivos Específicos
Identificar, na literatura, indicadores empíricos, relacionados ao controle de sintomas em feridas tumorais.
Elaborar um formulário com subconjunto terminológico CIPE®, utilizando os termos constantes no Modelo de Sete Eixos da CIPE® Versão 2.0 e o referencial de Wanda Horta, contendo declarações de diagnósticos, intervenções e resultados de enfermagem para pacientes com feridas tumorais em cuidados paliativos.
Verificar o índice de concordância de enfermeiros, com expertise em oncologia e tratamento de feridas, sobre as declarações de diagnósticos, intervenções e resultados de enfermagem propostas.

 

MÉTODO

Trata-se de estudo metodológico.  Será desenvolvido no período de junho a agosto de 2014, no Hospital Universitário Antônio Pedro (HUAP), cadastrado como Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia desde 2005, em Niterói, RJ. A população será composta por enfermeiros e docentes, expertos em feridas tumorais, que atendam pacientes em cuidados paliativos no HUAP, tanto no ambulatório de cuidados paliativos quanto nas enfermarias ou serviço de emergência, em sua prática cotidiana. Será parâmetro de inclusão no estudo o tempo de experiência assistencial mínima de cinco anos de atuação frente a pacientes oncológicos, e critério de exclusão os enfermeiros residentes ou licenciados no momento da pesquisa.

Inicialmente será realizada revisão da literatura nas bases de dados Medline, LILACS, CINAHL, e Cochrane, em busca dos indicadores empíricos relacionados ao controle de sintomas em feridas tumorais. Para isso, serão empregados os descritores “ferimentos e lesões”, “cuidados paliativos” e “processos de enfermagem”. Foram estabelecidos como critérios de inclusão o recorte temporal a partir de 2002, as publicações nos idiomas inglês, português e espanhol e a aderência à temática. Serão excluídas publicações com conteúdo envolvendo crianças e adolescentes. Após a identificação, as evidências serão classificadas em conformidade com as necessidades humanas básicas postuladas no referencial conceitual de Wanda Horta.

No segundo momento, serão elaboradas as declarações de diagnósticos, resultados e intervenções de enfermagem com base nos termos constantes no Modelo dos Sete Eixos, da CIPE® versão 2(3).

Na terceira fase, será realizada a construção do catálogo observando as etapas propostas pelo Guia para Desenvolvimento de Catálogos CIPE® do Conselho Internacional de Enfermeiros. Por último, ocorrerá a validação das declarações de diagnósticos/intervenções/resultados de enfermagem por expertos. Nessa etapa os participantes responderão a um questionário, contendo uma escala que trata do nível de concordância (3). Com base nos dados obtidos nos questionários, haverá análise estatística descritiva simples dos resultados, e as declarações que obtiverem um índice de concordância ≥ 0,8 serão consideradas validadas. O Projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa do HUAP em 11/10/2013, com parecer n° 422.494, conforme a Resolução nº 466/12 do Conselho Nacional de Saúde que regulamenta pesquisas envolvendo seres humanos.

 

REFERÊNCIAS

1. Instituto Nacional de Câncer (Brasil). ABC do câncer: abordagens básicas para o controle do câncer [ internet ]. 2nd ed. Rio de Janeiro: Inca; 2012 [ cited 2013 Nov ]. Available from: http://www1.inca.gov.br/inca/Arquivos/livro_abc_2ed.pdf

2. Furtado LG, Medeiros ACT, Nóbrega MML. Terminological subset of the international classification for nursing practice: an integrative review. Online Braz J Nurs [ Internet ]. 2013 Apr [ cited 2013 Dec 01 ] 12 (1): 178-93. Available from: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/3932

3. International Council of Nurses (United States). Guidelines for ICNP® Catalogue Development [ internet ]. Geneva: International Council of Nurses; 2008. [ cited 2013 Nov ]. Available from: http://www.icn.ch/images/stories/documents/programs/ic np/icnp_catalogue_development.pdf

 

 

DADOS DO PROJETO
Projeto de Dissertação do Programa de Mestrado Profissional de Enfermagem Assistencial da Universidade Federal Fluminense.

 


Todos os autores participaram das fases dessa publicação em uma ou mais etapas a seguir, de acordo com as recomendações do International Committe of Medical Journal Editors (ICMJE, 2013): (a) participação substancial na concepção ou confecção do manuscrito ou da coleta, análise ou interpretação dos dados; (b) elaboração do trabalho ou realização de revisão crítica do conteúdo intelectual; (c) aprovação da versão submetida. Todos os autores declaram para os devidos fins que são de suas responsabilidades o conteúdo relacionado a todos os aspectos do manuscrito submetido ao OBJN. Garantem que as questões relacionadas com a exatidão ou integridade de qualquer parte do artigo foram devidamente investigadas e resolvidas. Eximindo, portanto o OBJN de qualquer participação solidária em eventuais imbróglios sobre a materia em apreço. Todos os autores declaram que não possuem conflito de interesses, seja de ordem financeira ou de relacionamento, que influencie a redação e/ou interpretação dos achados. Essa declaração foi assinada digitalmente por todos os autores conforme recomendação do ICMJE, cujo modelo está disponível em http://www.objnursing.uff.br/normas/DUDE_final_13-06-2013.pdf

 

 

Recebido: 09/06/2014
Revisado:04/08/2014
Aprovado:04/08/2014





 

The articles published in Online Brazilian Journal of Nursing are indexed, classified, linked, or summarized by:

 

Affiliated to:

Sources of Support:

 

The OBJN is linked also to the main Universities Libraries around the world.

Online Brazilian Journal of Nursing. ISSN: 1676-4285

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons:Noncommercial-No Derivative Works License.