Competências na disciplina de administração em enfermagem: pesquisa exploratória descritiva
HTML (Português (Brasil))
EPUB (Português (Brasil))
PDF (Português (Brasil))
HTML
PDF
EPUB
HTML (Español (España))
PDF (Español (España))
EPUB (Español (España))

Supplementary Files

Aprovação Comitê de Ética (Português (Brasil))
DUDE assinada (Português (Brasil))

Keywords

Enfermagem
Administração em Enfermagem
Competência Profissional Curso de Enfermería
Administración en Enfermería
Docente de Enfermería Curso de Enfermagem
Administração em Enfermagem
Docente de Enfermagem

Abstract

Objetivo: identificar as competências envolvidas no processo de aprendizado de Administração em Enfermagem. Método: investigação do tipo exploratório-descritivo com abordagem qualitativa, realizada em cinco Instituições de Ensino Superior (IES) privadas e seis públicas do sul do Brasil. Participaram 25 docentes, sendo 10, de instituições privadas e 15, de instituições públicas. Foram realizadas entrevistas gravadas, e analisadas através da análise de conteúdo. Resultados: formaram-se as seguintes categorias: A.Competências gerais alcançadas no processo de aprendizado de Administração em Enfermagem: 1. Liderança, 2. Administração e Gerenciamento, 3. Comunicação, 4. Tomada de Decisão, 5. Educação Permanente; B. Competências específicas alcançadas no processo de aprendizado de Administração em Enfermagem: 7. Conhecimentos, Habilidades e Atitudes. Discussão: as competências elencadas pelos docentes no processo de aprendizado são as mesmas descritas pelas Diretrizes, o que comprova que os docentes seguem de forma comprometida na formação dos enfermeiros. Conclusão: a competência com maior destaque foi a liderança.

Descritores: Educação em Enfermagem; Competência Profissional; Pesquisa em Administração de Enfermagem.

https://doi.org/10.5935/1676-4285.20144770
HTML (Português (Brasil))
EPUB (Português (Brasil))
PDF (Português (Brasil))
HTML
PDF
EPUB
HTML (Español (España))
PDF (Español (España))
EPUB (Español (España))

References

Silva VLS, Camelo SHH. A competência da liderança em enfermagem: conceitos, atributos essenciais e o papel do enfermeiro líder. Rev enferm UERJ 2013; 21(4):533-9.

Rothbarth S, Wolff LDG, Peres AM. O desenvolvimento de competências gerenciais do enfermeiro na perspectiva de docentes de disciplinas de administração aplicada à enfermagem. Texto & contexto enferm 2009; 18(2):321-9.

Cassiano NA, Santos TR, Souza MB et al. The management of health services in the perspective of the humanist administration theory. Rev Enferm UFPE 2011; 5(8):2060-65.

Santos I, Erdmann AL, Santos JLG, Klock P, Martins VV, Brandão ES. The education of healthcare management: a view from the graduates – theory based on data. Online braz j nurs [Internet]. 2012 December [Cited 2013 Dec 21]; 11(3):621-37. Available from: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/3924.

Caveião C, Coelho ICMM, Zagonel IPS. The production of knowledge on nursing managerial skills: na intregative review. Rev enferm UFPE 2013; 7(esp):910-8.

Brasil. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CES n. 3, de 7 de novembro de 2001. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Enfermagem. 2001.

Montezeli JH, Peres AM. Competência gerencial do enfermeiro: conhecimento publicado em periódicos brasileiros. Cogitare enferm 2009; 14(3):553-8.

Brasil. Ministério da Saúde. Resolução N° 466, de 12 de Dezembro de 2012. Trata de pesquisas e testes em seres humanos. 2012.

Bardin L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70; 2011.

Almeida ML, Peres AM. Relevance and level of application of management competencies in nursing. Invest educ enferm 2012; 30(1):66-76.

Jiménez GMA, Arrubla CPL. Relevancia y nivel de aplicación de las competencias de gestión en enfermería. Invest educ enferm 2013; 31(1): 8-19.

Lima TC, Paixão FRC, Cândido EC, Campos CJG, Ceolim MF. Estágio curricular supervisionado: análise da experiência discente. Rev bras enferm 2014; 67(1):133-140.

Moura GMSS, Magalhaes AMM, Dall’agnol CM, Juchem BC, Marona DS. Liderança em enfermagem: análise do processo de escolha das chefias. Rev latino-am enferm 2010; 18(6):1-9.

Keiser DE, Serbim AK. Diretrizes curriculares nacionais: percepções de acadêmicos sobre a sua formação em enfermagem. Rev gaucha enferm 2009; 30(4):633-40.

Caveião C, Hey AP, Montezeli JH. Administração em enfermagem: um olhar na perspectiva do pensamento complexo. Rev enferm UFSM 2013; 3(1):79-85.

Santos JLG, Prochnow AG, Silva DC, Cassettari SSR, Guerra ST, Erdmann AL. Managerial communication in hospital nursing: obstacles and how to overcome them. Online braz j nurs [Internet]. 2012 September [Cited 2013 Apr 21]; 11 (2): 392-407. Available from: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/3761.

Damasceno C, Silvino ZR, Christovan BP, Vidigal PD. Competências gerenciais do enfermeiro: a visão dos professores de administração da escola de enfermagem Aurora de Afonso Costa. R pesq cuid fundam 2010; 2(Ed. Supl.):1003-7.

Paranhos VD, Mendes MMR. Competency-based curriculum and active methodology: perceptions of nursing students. Rev latino-am 2010; 18(1):1-7.

Ribeiro JMS. Autonomia profissional dos enfermeiros. Rev enferm ref 2011; 3(5):27-36.

Simões TR, Vannuchi MTO, Silva LG, Haddad MCL, Jenal S. Continuing education as conceives by nurses in a high-complexity philanthropic hospital. Rev enferm UERJ 2013; 21(esp.1):642-7.