v12 sup 4549 pt

NOTAS PRÉVIAS

 

Redes de atenção articulando ensino e serviço na saúde: estudo descritivo

 

Ana Lúcia Abrahão1, Ândrea Cardoso Souza2, Sérgio Ricardo Aboud Dutra3, Marcos Antônio Albuquerque Senna4, Ranieri Carvalho Camuzi5, Francisco Leonel de Figueiredo Fernandes6

1, 2, 3, 4, 5, 6 Universidade Federal Fluminense

 


RESUMO
Objetivo: Identificar nas redes de Atenção à Saúde, os modos de orientação e de organização da atenção à saúde e da formação profissional que articulam ensino e serviço, em município brasileiro.
Método: Estudo descritivo com abordagem qualitativa. Os sujeitos da pesquisa serão profissionais e gestores das redes de atenção que atuem na rede há no mínimo um ano; desenvolvam atividades de organização e planejamento da rede, no caso do gestor e de assistência, no caso dos profissionais de saúde. Serão excluídos alunos, professores e profissionais sem vínculo com a Secretaria Municipal. A coleta de dados consistirá na entrevista semiestruturada e na observação com registro em diário de campo, no período de setembro de 2013 a abril de 2014. As Redes são: Doenças Crônicas não Transmissíveis; Cegonha e; Álcool, crack e outras drogas O material identificado será analisado a partir do conteúdo do material recolhido no campo.
Descritores: Ensino; Formação de Recursos Humanos; Assistência Centrada no Paciente; Politica de Saúde.


 

SITUAÇÃO PROBLEMA E SUA SIGNIFICÂNCIA

A rede de serviços de saúde de Niterói, comprometida com o Pacto pela Saúde, reconhece na parceria com a Universidade Federal Fluminense o potencial de desenvolvimento de estratégias de impacto em territórios e cenários diversificados. Cumpre dizer que tal parceria foi estimulada, sobretudo, pelo Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde (Pró-Saúde), Programa de Educação pelo Trabalho (Pet-Saúde)(1) e pela Política de Educação Permanente em Saúde.

Uma das estratégias que emergem desta parceria consiste nas transformações no modo de produzir o cuidado no cotidiano, respeitando as necessidades sociais e constituindo-se em desenhos de formação e prática apoiados na integralidade, transversalidade e interdisciplinaridade.

Nesta perspectiva, a atuação em redes de Atenção à Saúde, como orientador da organização da atenção à saúde e da formação profissional, constitui o objeto deste projeto. Uma concepção ampliada que inclui a dimensão subjetiva e social das pessoas e a autonomia do paciente e familiar, bem como, o trabalho em equipe, refletindo o compromisso social de gestores e formadores com situações relevantes para a melhoria do Sistema Único de Saúde (SUS).

A constituição das ações de saúde em ato implica na mobilização de atores socais e a articulação da macro e micropolítica no interior dos serviços de saúde. Um exercício tenso, incerto e com muitos desvios, que constitui um dos principais desafios enfrentados pelos serviços, equipes de saúde e instituições de ensino, na construção de formas capazes de suportar as necessidades de saúde da população em acordo com os princípios do SUS(2).

 

QUESTÕES NORTEADORAS

A construção de redes de atenção possibilita o acesso dos usuários aos serviços de saúde?
As redes podem ser identificadas como dispositivos de saúde, garantindo a integralidade das ações entre os diferentes níveis hierárquicos?

 

OBJETIVO

Identificar, nas redes de Atenção à Saúde de um município brasileiro, os modos de orientação e de organização da atenção à saúde que articulam ensino e serviço.

 

MÉTODO

Estudo descritivo de abordagem qualitativa, que será desenvolvido no âmbito das redes de saúde do município de Niterói, RJ, quais sejam: Atenção a Doenças Crônicas não Transmissíveis; Cegonha e; Combate e Controle do Álcool, Crack e outras drogas.

Os sujeitos da pesquisa serão gestores e profissionais de saúde, os quais serão incluídos mediante os seguintes critérios: atuar na rede no mínimo há um ano; desenvolver atividades de organização e planejamento da rede, no caso de gestor, e de assistência, no caso dos profissionais de saúde. Serão excluídos aqueles que não tenham vínculo empregatício formal com a Secretaria de Saúde de Niterói, alunos e professores.

A coleta de dados se dará por entrevista semiestruturada com os profissionais e gestores das redes e por observação não participante, cujos dados serão registrados em diário de campo. As entrevistas terão como eixo o planejamento das ações na construção de redes de atenção; propostas que estão sendo construídas e; a articulação entre os diferentes serviços. O período de inserção no campo será de setembro de 2013 a abril de 2014. As entrevistas serão transcritas e, juntamente com o diário de campo, tratadas por análise de conteúdo.

A realização da pesquisa permitirá explorar fenômenos já conhecidos e com muitas acumulações, mas que ainda apresentam interfaces inexploradas do mundo do cuidado e na constituição de redes(3).

 

REFERÊNCIA

1. Araújo AMPB, Abrahão AL. Analysis of training in the health area: a map of curricular changes in education. Online braz j nurs [ Internet ]. 2012 October [ Cited 2013 Sep 7 ] 11 (2): 483-7. Available from: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/3858. doi: http://dx.doi.org/10.5935/1676-4285.2012S016

2. Abrahão AL, Cordeiro BC, Marques D, Daher DV, Teixeira GHMC, Monteiro KA, et al. A pesquisa como dispositivo para o exercício no PET-Saúde UFF/FMS Niterói. Rio de Janeiro, Brazil. Rev. bras. educ. med. 2011 set. [ Cited 2013 Aug 31 ] 35(3). Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022011000300019&lng=pt&nrm=iso. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-55022011000300019.

3. Merhy EE, Pesquisa Saúde Mental – Acesso e barreira em uma complexa rede de cuidado: o caso de Campinas, Processo575121/2008 4. Relatório Final. CNPq. 2011.

 

 

A participação dos autores na investigação ocorre igualmente como pesquisador no campo, na coleta, organização e análise dos dados.

DADOS DO PROJETO
Projeto vinculado ao Núcleo de Estudos e Pesquisa em Gestão e Trabalho em Saúde/CNPq; Aprovado no CEP HUAP/UFF: 209.321. Financiamento de Bolsa para os alunos com recursos da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGETS/MS. Edital nº 24/2012 – SGTES).

 

 

Recebido: 31/08/2013
Revisado: 30/09/2013
Aprovado: 30/09/2013





 

The articles published in Online Brazilian Journal of Nursing are indexed, classified, linked, or summarized by:

 

Affiliated to:

Sources of Support:

 

The OBJN is linked also to the main Universities Libraries around the world.

Online Brazilian Journal of Nursing. ISSN: 1676-4285

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons:Noncommercial-No Derivative Works License.