v11n2sup 3874 pt

NOTAS PRÉVIAS

 

 

Educação permanente de profissionais no ambiente hospitalar: um estudo exploratório

 

 

Glaucirene Siebra Moura Ferreira¹, Keila Maria de Azevedo Ponte², Antônia Eliana Araújo Aragão³, Lidyane Parente Arruda³, Ivonildo Sales Ferreira4

1Universidade Lusófona de Tecnologias e Humanidades
2Universidade Estadual do Ceará
3Instituto Superior de Teologia Aplicada
4Hospital do Coração de Sobral

 


RESUMO
A educação permanente em saúde é uma estratégia para os profissionais atuarem de forma mais capacitada, contribuindo para a comunidade hospitalar, na interligação dos conhecimentos. Porém, é relevante um estudo que identifique a visão dos profissionais frente a esta capacitação. Objetivo: Compreender a percepção dos profissionais de saúde sobre a Educação Permanente. Método: Estudo descritivo, exploratório de abordagem qualitativa. Para coleta de dados será usada a entrevista semiestruturada e a observação participante. Os encontros serão registrados por meio de anotações, fotografias e filmagem. Os sujeitos do estudo serão 14 profissionais graduados na área de saúde, do Hospital do Coração de Sobral, Ceará, Brasil, selecionados mediante disponibilidade de tempo para participação na pesquisa. O tratamento das informações será através da categorização das falas dos sujeitos. Após a análise das informações os resultados serão apresentados, possibilitando a reflexão quanto à importância da educação permanente.
Palavras-chave: Educação em saúde; Capacitação Profissional; Serviço Hospitalar de Admissão de Pacientes


 

SITUAÇÃO PROBLEMA E SIGNIFICÂNCIA

A Educação Permanente em saúde é uma forma de tornar os trabalhadores responsáveis pela sua respectiva formação e tem como objetivo alcançar a competência individual e coletiva além de fortalecer as categorias profissionais, e por consequência a equipe de saúde. Para isso deve ser desenvolvido o empoderamento, que é compreendido como crescimento e fortalecimento que implicam na ativação do potencial analítico dos indivíduos quanto às suas circunstâncias de vida(1). A Educação Permanente nos Serviços de Saúde está amparada por uma legislação de âmbito federal. Em virtude de tantos acontecimentos no âmbito da saúde, que colocam a vida do outro em risco, urge a necessidade de profissionais assistenciais capacitados e seguros no desempenho de suas funções, que atuem de forma reflexiva e racional.
Frente ao exposto, é fundamental estabelecer o aprendizado e a qualificação dos profissionais, e proporcionar aos pacientes dos serviços de saúde uma assistência integral e eficaz que minimizem os riscos à saúde.
Dessa maneira, entende-se que é relevante uma reflexão sobre as afirmações supracitadas, pois se compreende que o processo de educação permanente em saúde é importante tanto para sociedade, como para os profissionais de saúde. No entanto, há a necessidade de se identificar a percepção dos profissionais de saúde acerca da Educação Permanente.

 

OBJETIVOS

Compreender a percepção dos profissionais do Hospital do Coração de Sobral sobre a Educação Permanente nesse ambiente; identificar o conhecimento dos profissionais de saúde em relação à temática; descrever a opinião dos profissionais sobre Educação Permanente; elaborar estratégias de Educação Permanente para o ambiente hospitalar e; evidenciar a importância do profissional enfermeiro como facilitador da pesquisa.

 

MÉTODO

Estudo descritivo exploratório, de abordagem qualitativa. Para coleta de dados serão utilizadas entrevista semiestruturada e observação participante, de modo que, os encontros do Círculo de Cultura sejam registrados por meio de anotações, fotografias e filmagem, com a finalidade de se obter a fidedignidade das informações. O Círculo de Cultura trata-se da produção de conhecimentos através da inter-relação entre os autores e os saberes envolvidos em uma prática social que prioriza os interesses e as falas dos diversos personagens(2). As falas serão transcritas imediatamente após os encontros com a finalidade de registrar todas as informações obtidas. Os critérios de inclusão serão: profissionais graduados na área de saúde, representados por Médicos, Enfermeiros, Fisioterapeutas, Nutricionista e Farmacêuticos, integrantes da equipe de saúde do Hospital do Coração de Sobral, no Ceará. A Enfermagem será representada por sete coordenadores; Medicina por quatro coordenadores médicos; Fisioterapia por um Fisioterapeuta responsável; Nutrição por um coordenador e; Farmácia por um Farmacêutico responsável pelo laboratório, que, ao assinarem o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), concordando em participar da pesquisa, deverão ter no mínimo 75% de assiduidade nos Círculos de Cultura. O critério de exclusão será os profissionais que não tiverem disponibilidade de tempo para participarem de todos os momentos da coleta de dados.A coleta de dados acontecerá por meio de encontros com os sujeitos para a realização dos Círculos de Cultura. Será utilizado o critério de saturação das informações por ocasião das discussões para encerrar as sessões.Nesta perspectiva, uma das pesquisadoras, que é enfermeira, será a motivadora do Círculo de Cultura e atuará incentivando os sujeitos a debater os temas apresentados. Para tanto, será necessário manifestar apoio a cada sujeito durante as falas, que serão gravadas. Devem-se observar também as comunicações não verbais de cada sujeito da pesquisa e avaliar os resultados, imediatamente, após cada encontro do Círculo de Cultura. Para isso, os dados serão agrupados e transcritos e a enfermeira pesquisadora responsável contará com auxilio de uma observadora previamente capacitada.
O tratamento dos dados será através da categorização das falas dos sujeitos. Dessa forma, após a análise os dados, os resultados serão apresentados, possibilitando a interpretação e posteriormente a publicação dos resultados.

 

REFERÊNCIAS

1. Aragão AEA, Pagliuca LMF. Serviços hospitalares: empoderamento das pessoas com deficiência física na construção de espaços acessíveis. Online braz j nurs [ serial in the internet ]. 2009 [ cited 2012 mar 20 ] 8(2). Available from: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/j.16764285.2009.2396/509

2. Heidemann, ITSB. A promoção da saúde e a concepção dialógica de Freire: possibilidades de sua inserção e limites no processo de trabalho das equipes de saúde da família. [ thesis in the internet ]. Ribeirão Preto: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto; 2006 [ cited 2012 apr 02 ]. Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-15012007-170858/.

 

 

DADOS DO PROJETO
Projeto de Dissertação do Mestrado Acadêmico em Ciências da Educação pela Universidade Lusófona de Tecnologias e Humanidades. Aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Estadual do Vale do Acaraú - UVA, com o número 1075/11 em 02/02/2011.
Participação na pesquisa: Todos os autores contribuíram intelectualmente para a elaboração deste artigo.
Orientadora: Dra. Antônia Eliana Araújo Aragão

Recebido: 12/04/2012
Aprovado: 03/09/2012