Profile of women drug addicts treated at the Psychosocial care center alcohol and other drugs: documental study

Hélder de Pádua Lima, Jaqueline Queiroz de Macedo, Violante Augusta Batista Braga, Aline Mesquita Lemos, Ivando Amâncio da Silva Júnior

Abstract


Abstract

The objective was to trace the profile of women drug addicts treated at the Psychosocial Care Center alcohol and other drugs (CAPSad) in the city of Caucaia - Ceará. Documentary and retrospective  study based on information collected from 102 medical records of registered users between 2004 and 2008. The data were organized in Statical Program for Social Science, represented in tables and charts, and analyzed according to descriptive statistics. Results show elements that contributed to the vulnerability of women to use and abuse of psychoactive drugs, predisposing them to addiction. Some of these aspects may have been instrumental in seeking and remaining in service. The study is essential to think about women's health more broadly. Knowledge about the subject it is important for the elaboration of health practices that can improve and modify the accessibility of women drug addicts to mental health services.

Descriptors: Substance-related disorders; Women; Community mental health services; Nursing.

 


Keywords


Mulheres; Saúde Mental; Drogas

References


Lima HP, Braga VAB, Gubert FA. Interface between gender and mental health in the voice of alcoholics: qualitative study. Online Braz J of Nurs. [serial on the Internet].2010, 9 (2) [acesso em 30 março 2010]. Diponível em: .

Brasil. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde, Comissão Nacional de Ética em Pesquisa. Resolução Nº 196 de 10 de outubro de 1996: aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Brasília: Ministério da Saúde; 1996.

Oliveira JF, Paiva MS, Valente CLM. Representações sociais de profissionais de saúde sobre o consumo de drogas: um olhar numa perspectiva de gênero. Ciênc. saúde coletiva, 2006, 11(2): 473-81.

Fontanella BJB, Turato ER. Barreiras na relação clínico-paciente em dependentes de substâncias psicoativas procurando tratamento Rev Saúde Pública, 2002, 36(4): 439-47.

Cunha FMAM. Saúde física e mental de mulheres no climatério: análise sob o modelo de crenças em saúde [dissertação]. Fortaleza: Universidade de Fortaleza; 2008.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Censo Populacional 2010. [internet]. 2010 [citado 2011 Jan 16] Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/ceara/Caucaia .pdf

Soldera M, Dalgalarrondo P, Corrêa Filho HR, Silva C. Uso de drogas psicotrópicas por estudantes: prevalência e fatores sociais associados. Rev Saúde Pública, 2004, 38(2): 277-83.

Sanchez ZVM, Oliveira LG, Nappo SA. Fatores protetores de adolescentes contra o uso de drogas com ênfase na religiosidade. Ciência & Saúde Coletiva, 2004, 9(1): 43-55.

Galduróz JC, Noto AR, Nappo S, Carlini EA. II Levantamento domiciliar nacional sobre o uso de drogas psicotrópicas. I Levantamento domiciliar nacional sobre o uso de drogas psicotrópicas. São Paulo: CEBRID, UNIFESP, SENAD; 2000.

Galduróz JC, Noto AR, Nappo S, Carlini EA. II Levantamento domiciliar nacional sobre o uso de drogas psicotrópicas. Brasília: SENAD; 2005.

Paz Filho GJ. Debate sobre o artigo de Delma Pessanha Neves. Cad Saúde Pública 2004 jan/fev; 20(1): 25-7.

Amorim Filho FS. Estudo de variáveis demográficas, ocupacionais eco-carcinogenéticas no carcinoma espinocelular da base de língua nas mulheres. Rev. Bras. Otorrinolaringol., 2003, 69(4): 472-8.

Tavares BF, Beria JU, Lima MS. Prevalência do uso de drogas e desempenho escolar entre adolescentes. Rev. Saúde Pública, 2001, 35(2): 150 – 8.

Nascimento AA, Guarido CF. Perfil farmacoterapêutico de pacientes atendidos na Clínica de Psicologia da Unimar no ano de 2005. Rev. ciênc. farm. básica apl, 2008, 29(3): 291-6.

Scaduto AA, Barbieri V. O discurso sobre a adesão de adolescentes ao tratamento da dependência química em uma instituição de saúde pública. Ciênc. saúde coletiva, 2009, 14(2): 605-14.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. SVS/CN-DST/AIDS. A política do Ministério da Saúde para atenção integral a usuários de álcool e outras drogas. Brasília: Ministério da Saúde; 2004.

Sanchez ZM, Nappo AS. A religiosidade, a espiritualidade e o consumo de drogas. Rev Psiq Clín, 2007, 34(1): 73-81.




DOI: https://doi.org/10.5935/1676-4285.20113257